domingo, 22 de abril de 2012

Espetáculo "Vivências" (2)


(Arouca) - Já o sol raiava, e os habitantes das aldeias do concelho de Arouca andavam á muito a trabalhar. O gado era o primeiro a ser acomodado, seguindo-se a vida no campo, onde trabalhavam estas férteis terras de sol a sol. Chegando a noite, a folia tomava conta destas gentes, onde as eiras eram o ponto de encontro para se divertirem no fim do dia de trabalho. As ditas eiras, davam palco a um dos mais belos repositórios das danças e cantares mais típicos desta região.

Durante a tarde do dia 25 de Março, a Santa Casa da Misericórdia de Arouca, organizou pela primeira vez um espectáculo de etnografia, mostrando a sua preocupação com os hábitos e costumes da sua terra. No âmbito de um estágio curricular da Licenciatura de Animação Cultural, Fernando Brito foi quem pensou nesta belíssima tarde.

Foram convidados dois dos mais dignos grupos representantes das tradições deste povo, o Grupo Etnográfico de Danças e Cantares de Fermedo e Mato e o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Arouca, que mais uma vez mostraram ser grupos com muito orgulho em  defender estas terras.
O Grupo de Fermedo, entrou em cena com uma cantiga de trabalho, “Os olhos da Deolinda”, e encenou o espadelar do linho. Entretanto enquanto as gentes de Fermedo cantavam, o Rancho da Casa do Povo de Arouca entrou delicadamente e iniciou a sua actuação com uma das mais significativas danças desta região, a “Cana Real das Canas”, seguindo-se pela “Tirana”, “Vira de Cruz, "Meu Benzinho”, “Ciranda” e por fim, como terminavam todas as noites com o mais típico vira destas terras, um Vira Valseado, intitulado “Vira da Nossa Terra”.



Foi em grande número que as pessoas aderiram a esta iniciativa, fazendo assim uma assistência muito volumosa. A nós defensores da Cultura Arouquense, agradecemos esta iniciativa aos dois Grupos Etnográficos, ao apoio da Santa Casa da Misericórdia, e sem dúvida, a toda a assistência que esteve presente. A prenda do dia, em nosso tocador de músicas, é justamente o "Vira da Nossa Terra", interpretado pelo Rancho Folclórico da Casa do Povo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Participe! Todos os comentários seráo lidos e respondidos.